domingo, 21 de dezembro de 2014

Saudade cantada...




Escrevi versinhos de saudades tão rimados,
Que não sei como citá-los sem cantar...
Cantarolei, para te contar em versos,
Que a saudade embala a escrita,
E a escrita embala a saudade,
Que pula para todo lado
Querendo desembalar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário