domingo, 16 de abril de 2017

Adentro...



Estou em crises de ansiedade, por estar ansiosa...
Estar ansiosa é o que me deixa mais ansiosa.
Hoje fez um dia bonito lá fora...
Mas daqui de dentro, o MEU EU não quis sair.
Eu disse: - Vamos dar uma volta! ...
- Hoje você não sai! Respondeu  MEU EU.

Não desobedeci nem perante tédio...

Ficar jogada no tapete da sala noite adentro,
logo tornou-se um decreto consumado.
Segui o meu destino cruel...
Já passava 48 horas de lamento,
reclusão e nada feito.
Quando então veio um papel!.
Documento de soltura do réu!

Lá dizia...

Diante tamanha repetição e agonia,
Dou-lhe direito a um passeio!
Com a seguinte condição...
Pegue lápis e papel! Me escreva algumas linhas...
Uma crônica ou uma rima, uma história ou um conto!
Que prometo que lhe conto,como se livrar de mim.
Ass: Ansiedade.

E aqui estou.


(Obrigada Ansiedade por me fazer escrever.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário