sábado, 30 de janeiro de 2016

Troço



Eu sou um troço desses que sente...
Sofre, explode e cansa,
Persiste e sobrevive.

Eu sou um troço desses que fala...
Com sentido, sem sentido,
Mas sempre sentindo exageradamente.

Eu sou um troço desses que chora...
Como se o mundo fosse acabar,
E talvez se fosse, choraria um pouco menos.

Eu sou um troço defeituoso...
Esperando um comprimido que faça dormir,
Porque tem cansaço que também mantém acordado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário